Exposição de Arte com Café – Coffee Art do Ilustrador Dirceu Veiga

Exposição de Arte com Café

Exposição de Arte com Café

Eu raramente faço exposições das minhas pinturas com café, por falta de tempo mesmo.
Geralmente estou em estúdio produzindo ilustrações de livros infantis e outros materiais que demandam bastante atenção.
Mas quando posso expor meu trabalho, gosto de reunir os amigos, com um bom vinho e boas conversas.
E aqui estão as fotos de um desses momentos. Foi minha primeira exposição individual e obviamente foi de Pinturas com Café.
A expo foi realizada em Curitiba, no Impact Hub que é um espaço coworking.

Veja mais fotos na galeria abaixo:

Dicas Para Escrever um Livro Infantil

Lembra-se de como era mergulhar no seu livro favorito na infância e ficar completamente absorto pelo mundo da história? Escrevemos estórias infantis para ensinar às crianças as lições que já aprendemos; dar-lhes fontes de diversão e inspiração – e, talvez; para reavivar nossa infância. Este post descreve 3 dias fundamentais envolvidos na escrita de um livro infantil:

Dica 1 – Leia muitos livros infantis.

Livro Infantil

É muito útil ler trabalhos dos outros enquanto você estiver pensando em ideias para seu livro. Visite a biblioteca ou livraria local e passe algumas horas pesquisando. Pense sobre quais livros lhe atraem mais, e por quê.

  • Você quer que seu livro tenha ilustrações, ou ele será constituído apenas por texto?
  • Você quer escrever ficção ou não-ficção? Não-ficção, ou livros informativos, requerem pesquisas ou conhecimentos acerca do tema e podem ser bons caso você seja um expert em algo como dinossauros, meteoros ou máquinas.
  • Leia os clássicos para poder se inspirar melhor. Não se limite a trabalhos recentes – volte ao passado e leia histórias que superaram a barreira do tempo e tente encontrar nelas o elemento que as deixa tão duradouras. Por exemplo, verifique livros como: O Expresso PolarMarcelo, Marmelo, MarteloO Menino Maluquinhoe outros favoritos.
  • Cheque os contos de fadas. A indústria do entretenimento reviveu em si o interesse nos contos de fada e os está modernizando. Visto que a maioria dos contos de fada é de domínio público, é possível tomar personagens e tramas e colocá-los em lugares completamente novos com atitudes totalmente renovadas.

Dica 2 – Considere qual faixa etária lhe interessa como escritor. 

Faixa Etária

O termo “livros infantis” cobre de livros contendo uma palavra por página a romances, novelas e trabalhos não-ficcionais factuais escritos para estudantes e adolescentes (jovens adultos). Trama, conteúdo e temas de seu livro precisam ser apropriados para a idade dos leitores que você deseja caso queira criar um trabalho atraente (lembre-se de que os pais são os guardiões que determinarão se a criança poderá ler o seu livro ou não).

  • Livros com imagens são recomendados para crianças mais jovens. Eles tendem a ser totalmente coloridos, fato que encarece a impressão deles – mantenha isso em mente. O lado positivo disso é que eles tendem a ser menores, mas o conteúdo precisa ser muito bom para atrair o interesse e manter a concisão.
  • Livros com capítulos e trabalhos não-ficcionais/informativos são para crianças mais velhas. Você trabalhará com leitores simples através de romances adolescentes; há um grande leque de opções aqui, mas o escritor também terá muito mais pesquisa e escrita a fazer.
  • Não negligencie o potencial de um livro de poemas ou contos. Você encontrará crianças que amam ambos esses gêneros.

Dica 3 – Contrate o Ilustrador certo para dar vida ao seu livro infantil

Contratar Ilustrador

Você desejará incluir muitas ilustrações infantis que complementem sua escrita quando o livro for direcionado a leitores mais jovens. Caso você seja um artista, você pode desenhar suas próprias ilustrações. Mas caso não seja, é muito importante contratar um ilustrador profissional que possa trabalhar com você em prol do sucesso do seu livro.

  • Antes de procurar um ilustrador, você pode listar as ideias sobre das imagens que aparecerão em cada página. Isso irá ajudá-lo com o próximo passo da edição, e você conseguirá dar os rascunhos para que o ilustrador em potencial compreenda suas vontades.
  • Ilustradores possuem estilos muito diferentes; e para cada tema de história existe um estilo que funciona melhor. ( Felizmente eu trabalho com diversos estilos de ilustração, então você não precisa se preocupar com isso. )
  • É importante que o ilustrador tenha boa capacidade de interpretação de texto e noção técnica de como os arquivos precisam ser preparados para impressão ( O desenho ser apenas bonito não funciona para livros infantis )

Como contratar um Ilustrador para seu livro:

Você já escreveu seu livro infantil e agora precisa de um ilustrador para ilustrar sua história mas não sabe ainda como fazer isso.
Bem, eu sou ilustrador profissional com 20 anos de experiência e estou aqui para lhe ajudar.
Basta me enviar um email explicando do que se trata seu livro e responderei com todos os detalhes:

Contato: veiga.dirceu@gmail.com

 

 

 

Ilustração de Livros Infanto-Juvenil – Esboço

Ilustração de Livros Infanto-Juvenil - Esboço

Ilustração de Livros Infanto-Juvenil – Esboço

A etapa de esboço é uma das etapas mais importantes na produção de ilustração de Livros Infanto-Juvenil.
É nessa etapa onde se constrói a cena, cria-se a atmosfera e embala a narrativa do livro.
Não existe um desenho bem feito que não tenha sido muito bem planejado na etapa de esboço. E eu adoro trabalhar nessa etapa do projeto.

Aqui está um dos esboços que fiz para um livro de um autor independente. A história se passa numa era medieval cercada por dragões.
Bem gostoso de ilustrar e com certeza divertido de ler. Logo poderei postar as ilustrações coloridas.

Você Precisa de um Ilustrador para o seu Livro?

Se você está procurando um ilustrador para ilustrar seu livro, entre em contato comigo.
Terei prazer em enviar um orçamento e explicar como funciona o processo de criação das ilustrações.
Esse é o meu email: veiga.dirceu@gmail.com

Ilustração de Livro Infantil em Aquarela Sob Encomenda

ilustração de livro infantil em aquarela

Ilustração de livro infantil em aquarela sempre traz um charme a mais, na minha opinião.
As manchas, a paleta de cores, a delicadeza da técnica, tudo isso ajuda a criar a atmosfera da narrativa.
Recentemente fui contratado para ilustrar um livro de uma marca de produtos de bebê lá da Espanha. O livro conta a história de uma cegonha que além de trazer o bebê, traz os produtos para cuidado do pequeno.

Decidi fazer o livro todo em aquarela e aqui está uma das ilustrações. Realmente amei o resultado e o cliente também!

Precisa de um ilustrador para o seu livro?
Entre em contato comigo e solicite um orçamento. 🙂

Desenho de Observação

Desenho de Observação: O bom desenho não vem apenas de dom ou treino. Vem da da habilidade de observar o objeto desenhado tentando capturar o que ele realmente é ( não como pensamos que ele é ).

Acredito que isso vale pra tudo na vida. Geralmente temos pré-conceito sobre tudo. Aquele esteriótipo criado sem análise, fruto do circulo cultural-familiar onde crescemos e vivemos. Não é nossa opinião de fato. É a mentalidade fácil do meio, sem a nossa obervação pessoal mais atenta. Opinião de ouvido.

Quando desenhamos qualquer coisa sem uma referência prévia, criamos uma forma simplória, tosca. O bom desenho, com detalhes interessantes, proporção, volume, valores tonais bonitos, só acontece após muito treino de observação atenta. Só assim descobrimos onde cada elemento deve estar na composição.

Com o tempo e com a prática é claro que você cria sua própria biblioteca mental, mas resultado da compreensão as formas e valores. Você deixa de copiar a passa a criar. Passa a contribuir com sua própria visão do mundo, sem desconsiderar como o mundo é para os outros. Mas até isso parte da observação que já se teve. Picasso, com sua arte que fugia muito da realidade, dizia que “Não existe arte abstrata. Você precisa sempre começar com algo. Depois, pode eliminar todos os traços de realidade.”

Enfim, tudo na arte e na vida começa pelo prática de observar.

Na vida, tomar decisões ou emitir opiniões baseado só no que você pensa, sem analisar os fatos, é como fazer um desenho ruim. E como diz o ditado: “Molduras boas não salvam quadros ruins.”

Que possamos desenvolver o bom hábito de observar a vida sempre com bons olhos, para pintarmos nossos dias sempre com cores alegres. Feliz Abril.

Dirceu Veiga – 02/04/2017

Desenho de Observação

CONHEÇA MEU TRABALHO:

Categorias

Loading...